terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Excerto de uma carta a uma pessoa muito especial


Pois é -------, sinto ter dentro de mim uma estrela que brilha cada vez mais forte e mais pesada (mas de um peso bom) e que me faz forte (fortíssimo) para enfrentar tudo na vida. Acho que se chama felicidade.

2 comentários:

Mamá disse...

"Se não assim deste modo em que não sou nem és
tão perto que a tua mão sobre meu peito é minha
tão perto que se fecham teus olhos com meu sonho."

Pablo Neruda

O Homem Terra disse...

Que maravilha.