quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Vem aí a crise III

O maior de todos os sintomas de que a crise chegou é alguém achar que isto merece passar na televisão. Um efeito do photoshop, um mentecapto a abanar-se durante quatro minutos sem parar, uma voz alucinada. É o conceito de arte popular de hoje.

E pensar que arte popular já foi assim (e assim) e nos conseguia abanar sem se abanar.

Felizmente a crise vai por tudo no lugar.


Este post é dedicado a uma pessoa especial que vai saber quem é.

6 comentários:

tomas disse...

a um post de YouTubes com o qual discordamos
respondemos com um coment YouTubesco, o qual adoramos
PEPI LUCI BOM (primeira cena

Mamá disse...

"O morro não tem vez... mas quando derem vez ao morro toda a cidade vai cantar!"
Tom Jobim

O Homem Terra disse...

Mas tomás, porque é que o Chris nunca pára de se abanar? É que nem desgosto da música, mas não aguento ver aquele tipo abanando-se ininterruptamente.

O Homem Terra disse...

Ma, é tão lindo quando toda a cidade canta.

tomas disse...

quando toda a cidade canta...
quando toda toda canta...


só se for a garagem da vizinha


!

Mamá disse...

;)