quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Sobre a arte de dormir e a esquerda e a direita

(ver posts anteriores)

Todo o tomar de posição tem implicações políticas. Todos sabemos que uma sociedade em que todos dormem 10 horas por dia é insustentável. Mas a esquerda e a direita diriam que é por motivos diferentes. É até por isso que há esquerda e direita.

O elogio do sono poderia ser interpretado pela esquerda como preguiça de um jovem favorecido de direita que não sabe o que custa trabalhar e ao mesmo tempo como um grito por socorro de um trabalhador da classe inferior explorado pelo capitalismo. A direita por seu lado, iria chamar-me preguiçoso relaxado de esquerda que não sabe que a vida custa graças ao qual a economia não cresce, ou podia ver nisto um exemplo de alguém que encontrou uma solução para como viver de forma saudável ou seja, como um dos seus.

Gostar de dormir faz de mim uma pessoa de direita ou de esquerda?
Para já, acho que faz de mim uma pessoa.

Como já disse antes, pessoas de esquerda e de direita a dormir abraçadas chegariam a conclusões bem mais claras.

4 comentários:

ALMARIADA disse...

Concordo completamente! :)

O Homem Terra disse...

Bem vinda. Volta sempre

na me parece disse...

Só não concordo com a afirmação de que uma sociedade em que todos dormem 10 horas por dia é insustentável. E porquê? Porque não quero deixar de sonhar, heis o porquê. :p

O Homem Terra disse...

ahahaha, muito bem posto, muito bem posto meu!

Um grande abraço.